Quanto ganha um compositor?

Conteúdo em etapas

COMPARTILHE:

A pergunta de R$ 1 milhão de reais é: “- Quanto ganha um compositor?” A verdade é que você pode ganhar R$ 1 milhão com suas músicas ou até mais que isso! Em uma entrevista feito pelo conversa com Bial da Rede Globo o cantor Sertanejo Sorocaba afirma que “Tem compositores que vivem bem, só de direitos autorais. Uma música que emplaca, se ele fizer sozinho, é um golaço. Pode render 1 milhão de reais em um momento inicial”.

Como a entrevista possuí direitos autorais da Globo, não podemos colocá-lo aqui em nosso site, mas você pode pesquisar no Google: “Fernando e Sorocaba, entrevista com Bial”.

A verdade sobre quanto ganha um compositor:

A verdade é que o salário de um compositor pode variar muito, desde compositores como Marilia Mendonça que recebem uma média estimada de mais de R$ 10 milhões de reais (Estamos falando apenas de composição) quanto um compositor iniciante (mas bem instruído) que está começando agora e consegue tirar uma média de R$ 3.500,00 por mês.

Parágrafo dedicado aos céticos:

Sei que com certeza algum compositor que lê esse artigo deve estar pensando porque Nunca recebeu nenhum tostão pela sua música” ou também outra frase que ouço bastante: “O ECAD não paga direitos autorais”.

Se você tem esse tipo de pensamento, deve sair da ignorância agora mesmo e aprender a se profissionalizar!

Por anos conheço muitos compositores que nem se quer são presentes nas plataformas digitais, muitos nem mesmo são cadastrados no ECAD!

Portanto, se você ainda não se filiou a uma associação do ECAD, esse é o primeiro passo para você começar a receber seus direitos autorais! Já criamos um post explicando o passo-a passo sobre como fazê-lo, clique nesse link para saber mais.

Movimente sua música:

E ainda que esteja cadastrado no ECAD, precisa entender que o ECAD não faz milagres e quem deve movimentar a sua música, é você mesmo.

Isso porque existe uma série de fatores para que seu trabalho seja remunerado e estar filiado a uma das associações é apenas a ponta do Iceberg.

Por exemplo, para você receber Direitos Autorais da sua música, primeiro ela tem que tocar em algum lugar, ao mesmo tempo que algum fiscal do ECAD faz a captação e cobrança da música.

Dica: Por isso o ideal é lançar-se de coração nas plataformas digitais, pois as próprias plataformas pagam o ECAD.

O ECAD não é sua única fonte de renda!

Importante lembrar que o ECAD não é a única fonte de renda para o compositor!

Você pode ganhar dinheiro também com a liberação da música para um artista ou produtor!

Atenção: liberação da obra para artistas e produtores deverá ser feita via contrato, sempre em observação das cláusulas pois muitos se aproveitam da inexperiência do compositor para lhe tomar os direitos autorais da obra ou acrescentar um Coautor inexistente.

Por isso, preste muita atenção no que você está assinando e se possível procure uma assessoria jurídica.

Movimente sua obra.

A quem se engane ao pensar que só precisa cadastrar sua obra em uma das associações do ECAD que vai começar a cair dinheiro do céu!

A sua obra tem que estar sempre em movimento, e de preferência você deve estar fechando contrato com um artista e produtor.

Aqui vai algumas dicas para movimentar sua obra:

Se inscreva no Festival do Compositor:

Se inscreva no Festival do Compositor, maior evento Online para compositores do Brasil que conta com a participação do Marcos Lessa (semifinalista do The Voice Brasil) e também com a participação do Roberto Menescal (Conhecido internacionalmente pelo seu trabalho e também foi Presidente da Abramus uma das maiores associações de música do ECAD.

Participação especial de Marcos Lessa
Reproduzir vídeo
Participação especial de Roberto Menescal
Reproduzir vídeo
O evento teve mais de 95 mil visualizações no Youtube e mais de 75 obras negociadas com artistas e produtores de todo Brasil!

Clique aqui para conhecer mais sobre o evento!

Movimente nas plataformas digitais:

Movimente pelo Spotify, Youtube, Deezer e demais redes sociais: A única questão aqui é que vai demandar conhecimento técnico, ou seja você precisa contratar alguém com conhecimento e experiência avançada!

Você pode tentar aprender com aqueles cursos que ensinam como fazer o lançamento da sua música, porém não recomendo.

Isso porque anunciar pela internet exige anos de experiência, e o responsável por trás do anúncio tem que ter 100% de certeza do que está fazendo, afinal esses anúncios não são baratos e se mal investidos rendem prejuízos.

E aqui mais uma vez você pode contratar ajuda especializada do nosso Blog, a primeira consultoria é gratuita e nossos consultores vão te ajudar até você atingir seus objetivos da música.

Clique aqui para acessar consultoria

Considerações finais:

Ganhar dinheiro com ECAD e liberações não é bicho de sete cabeças como parece!

Como disse anteriormente a muitos compositores que vivem na sombra da ignorância e não se movimentam o suficiente (ou não sabem como dar o primeiro passo para viver daquilo que gostam) Mas me diz uma coisa, se não for você quem vai fazer o trabalho duro?

Vai continuar esperando o Maná cair do céu?!

Por isso, você precisa se profissionalizar e deixar de lado as crenças limitantes que só te fizeram perder tempo.

Receba atualizações

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Artigos Relacionados: